Campanhas de vacinação anti-rábica domiciliares com a participação de alunos, em Istambul, na Turquia

JPEG - 33.6 kb
Na Turquia, as crianças em idade escolar têm sido participantes essenciais e entusiásticas nas campanhas de vacinação

Nas zonas urbanas da Turquia, a raiva canina afeta sobretudo as zonas mais carentes. As pessoas que vivem nestas zonas mostram-se frequentemente relutantes em participar das atividades ligadas ao governo nacional ou local. Este sentimento traduz-se na falta de vontade de fornecerem informações sobre se possuem cães e de os disponibilizar para vacinação (temendo que possam ser abatidos, em vez de vacinados). Por conseguinte, foi decidido utilizar crianças que frequentam escolas públicas do ensino básico em zonas selecionadas para orientarem as equipes de vacinação nesses lugares. As crianças locais só estão ocupadas nas aulas metade do dia, mas no resto do dia estão disponíveis. Estas crianças têm um profundo conhecimento das zonas onde vivem e, em geral, sabem quais as casas onde há cães. Eram igualmente capazes de indicar se os cães à solta tinham dono e em caso afirmativo onde vivia, e podiam localizar com precisão os locais onde estes cães estavam escondidos. Estes cães podiam ser mais facilmente abordados, se as crianças integrassem as equipes de vacinação. As crianças manifestaram grande vontade em acompanhar as equipes, mas apenas uma ou duas eram selecionadas cada dia: a maior parte dos cães fugia quando abordados por um grupo de 20 crianças animadas. Para as que foram selecionadas, fazer parte da equipe já era uma recompensa; mas se tivessem permissão para andar por toda a parte com as equipes e lhes oferecessem uma refeição ou uma bebida, no dia seguinte a equipe teria já à sua espera os mais fiéis companheiros de trabalho.

Foto gentilmente cedida por Ad Vos.




página anterior: Criação de fundo das comunidades locais destinados ao financiamento dos programas de controle da raiva canina em Bohol, nas Filipinas





Página de abertura do sítio | Contacto | Planta do sítio |
Segunda versão; última atualização em julho de 2013