5.6.5. Os cães têm uma boa resposta imunitária à vacina?

A segurança e eficácia das vacinas modernas, produzidas em cultura de células de acordo com as normas da OMS [1] (ver aqui ) ) e atualmente utilizadas para a imunização parenteral dos cães, são reconhecidas mundialmente. Portanto, não é necessário proceder a confirmação sorológica do sucesso da vacinação. No entanto, em algumas situações será indicado realizar análises laboratoriais específicas para o teste sorológico das espécies-alvo (ou seja, os cães) para detecção dos anticorpos da raiva, para medir especificamente o nível de anticorpos induzidos pela vacinação. Este procedimento pode ser necessário para a avaliação do sucesso de novas estratégias (por exemplo, a vacinação oral), para garantir a correta administração e a manutenção das condições térmicas (frio), e é uma exigência para o deslocamento internacional dos cães. Para saber mais sobre a monitoração e os indicadores de sucesso das campanhas de vacinação oral, clicar aqui. Convém lembrar que a colheita das amostras para estas análises pode ser difícil sob o ponto de vista operacional, exigindo, em geral, um grande investimento em trabalho e capital: as amostras devem ser colhidas antes e depois da vacinação, com intervalos específicos, e as análises laboratoriais normais (medição dos anticorpos neutralizantes) são onerosas e, atualmente, só podem ser realizadas em laboratórios especializados (como os centros de colaboração da OMS para a raiva e os laboratórios de referência da OIE [2] para a raiva, indicados aqui). Devido ao elevado custo dos exames sorológicos, o melhor investimento será comprar e utilizar vacinas modernas e eficazes e não arriscar as campanhas com vacinas de baixa qualidade produzidas por fabricantes não reconhecidos pelas organizações reguladoras internacionais.

JPEG - 42.3 kb
Fotografia gentilmente cedida pelo «Serengeti Carnivore Disease Project»

[1] Organização Mundial de Saúde

[2] Organização Mundial de Saúde Animal




página anterior: 5.6.4. O programa teve impacto sobre as mortes humanas por raiva, as exposições a mordeduras e a procura de tratamento pós-exposição?





Página de abertura do sítio | Contacto | Planta do sítio |
Segunda versão; última atualização em julho de 2013