3.1.10. Que tipo de pessoal deve executar as ações de profilaxia pré e pós-exposição?

O pessoal médico formado na administração de vacinas, nos cuidados primários das feridas e na administração da imunoglobulina anti-rábica (IGR) [1]. Em especial, o pessoal deve compreender que todas as feridas necessitam de cuidados adequados e que a IGR deve ser administrada depois das feridas da mordedura estarem limpas e antes da sutura. Além disso, o pessoal médico deve estar ciente de que a sutura da ferida não é aconselhável, se puder ser evitada, e nos casos em que é mesmo necessária deve ser feita depois de administrar a IGR. O pessoal responsável pela administração das vacinas anti-rábicas por via intradérmica deve receber formação específica neste método de administração.

JPEG - 32.4 kb
Fotografia gentilmente cedida pelo «Serengeti Carnivore Disease Project»

[1] Imunoglobulina anti-rábica




página anterior: 3.1.9. Qual é a infraestrutura mínima para assegurar a profilaxia humana pré e pós-exposição?





Página de abertura do sítio | Contacto | Planta do sítio |
Segunda versão; última atualização em julho de 2013