5.1.3.6. A raiva pode ser transmitida durante o abate e processamento dos animais?

A exposição à doença resultante do abate, do processamento , da transformação ou do consumo de um animal com raiva é possível. O abate e processamento de cães e gatos não vacinados, por exemplo, foi reconhecido como um risco para a saúde humana nos países onde é habitual o consumo de carne de cão e, em menor escala, de gato (por exemplo, em muitos países asiáticos), como se mostra neste estudo. Nestes casos, poderá haver vários pontos de introdução do vírus: contaminação de cortes ou de escoriações, em especial nas mãos, a transmissão pelas membranas mucosas causada pela remoção e a preparação do cérebro do animal, que pode gerar grandes quantidades de vírus da raiva infecciosos, e o consumo de refeições preparadas com o cérebro. Para evitar a exposição nestes casos, aconselha-se a utilização de roupas protetoras e evitar o consumo de carne crua (consultar também aqui ). Para obter mais informações sobre a forma de evitar e lidar com uma exposição, nesta e em outras circunstâncias, clicar aqui.




página anterior: 5.1.3.5. A raiva pode ser transmitida ao alimentar os cães da rua?

página seguinte: 5.1.3.7. Posso contrair raiva compartilhando alimentos e água com um paciente infectado?






Página de abertura do sítio | Contacto | Planta do sítio |
Segunda versão; última atualização em julho de 2013