3.2.8. Os ferimentos resultantes de mordeduras de animais são ou devem ser de notificação obrigatória?

Deveria ser incentivada a notificação dos ferimentos resultantes de mordeduras que implicam a coleta e análise de dados relativos à mordedura em todas as declarações de exposição humana. Em muitos casos, será impossível fazer uma investigação rigorosa das mordeduras humanas por animais suspeitos de raiva, já que isso implica num exame clínico após a mordedura, na observação durante, pelo menos, 10 dias e na confirmação por um laboratório. No entanto, os relatos de casos de exposição humana a animais com suspeita de raiva, incluindo informações sobre as vítimas da mordedura, as características do animal (por exemplo, a espécie, se tem ou não proprietário), as características da mordedura, o tipo de exposição e o tratamento providenciado devem ser sistematicamente registados pela clínica, e declarados e notificados às autoridades de saúde pública locais ou nacionais. O aumento do número de mordeduras por animais suspeitos de raiva numa região pode indiciar um risco crescente de propagação de raiva numa população. Do mesmo modo, pode-se esperar uma diminuição dos casos declarados como consequência de um programa de controle de raiva eficaz.

JPEG - 27.2 kb
Fotografia gentilmente cedida pelo «Serengeti Carnivore Disease Project»



página anterior: 3.2.7. Como notificar um caso de raiva humana?

página seguinte: 3.2.9. Que posso fazer para que a raiva seja considerada uma doença de notificação obrigatória no meu país?






Página de abertura do sítio | Contacto | Planta do sítio |
Segunda versão; última atualização em julho de 2013