3.1.8. Quais os requisitos mínimos necessários para os laboratórios poderem realizar o diagnóstico da raiva?

O trabalho de laboratório com o vírus rábico implica em alguns riscos para a saúde do pessoal e para o ambiente, razão pela qual devem se esforçar para minimizar o risco de exposição ao material infeccioso (para evitar a doença nos humanos) e de possível libertação do vírus para o ambiente. Diante da criação de novos laboratórios, seria prudente solicitar pareceres às autoridades reguladoras nacionais e às autoridades internacionais competentes (por exemplo, a OIE  [1]. Em relação à raiva, as infecções atribuídas aos laboratórios são extremamente raras. A vacinação protege e é obrigatória para todos os técnicos. Nos laboratórios bem equipados e com técnicos qualificados, o descarte de animais mortos suspeitos não envolve um grande risco de propagação da doença. Embora seja preferível optar por laboratórios com o nível de biossegurança 3** (BSL3), os laboratórios BSL2 (para ter uma perspectiva esquemática de um laboratório BSL2, clicar aqui) são adequados, desde que cumpram pelo menos os seguintes requisitos:


- A vacinação e a monitoria sorológica do pessoal do laboratório de acordo com as recomendações da OMS [2].


- Laboratórios distintos para a manipulação e a armazenamento dos tecidos infectados com o vírus rábico.


-  O acesso restrito ao laboratório (exclusivamente pessoal autorizado).


- A entrada nos laboratórios de raiva através de um vestiário (mudar a roupa utilizada no laboratório à entrada e à saída do laboratório de raiva) e a utilização de equipamentos de proteção individual suplementares no laboratório (por exemplo, óculos, máscara e luvas).

Para obter informações sobre o equipamento, os produtos e os protocolos necessários num laboratório para a raiva, clicar aqui e para saber mais sobre as recomendações internacionais relativas à biossegurança do laboratório, clicar aqui.

[1] Organização Mundial de Saúde Animal

[2] Organização Mundial de Saúde




página anterior: 3.1.7. Quais os laboratórios disponíveis para efetuar o diagnóstico da raiva?

página seguinte: 3.1.9. Qual é a infraestrutura mínima para assegurar a profilaxia humana pré e pós-exposição?






Página de abertura do sítio | Contacto | Planta do sítio |
Segunda versão; última atualização em julho de 2013